;

domingo, 25 de dezembro de 2016

Personagens da DC Comics - Parte 6: Inimigos do Batman I


Essa é a primeira de muitas listas que teremos com os vilões do Batman!


CORINGA
O Coringa é uma personalidade sobre a qual o passado é desconhecido. Especula-se, inclusive, que Coringa é apenas um legado, um manto passado entre criminosos que compartilham as mesmas características, como a insanidade mental. Um dos mais conhecidos foi o comediante fracasso que tentou assaltar uma fábrica de cartas de baralho e acabou caindo em um tanque de produtos químicos que o deixaram com a pele branca, lábios vermelhos e cabelos esverdeados. De forma geral, o Coringa é um criminoso insano que está sempre rindo e comete crimes como se fosse uma grande brincadeira, desenvolvendo uma extrema rivalidade com o Batman. Sua principal arma é o gás do riso, uma substância que mata instantaneamente e deixa a vítima com um sorriso forçado.

CHARADA
Edward Nashton teve uma infância difícil com pais abusivos e ausentes, por isso acabou desenvolvendo uma obsessão para ocupar-se sempre que estava sozinho. Ele ficou apaixonado por charadas, enigmas e quebra-cabeças, tornando-se bom não só em resolvê-los como também criá-los. Quando cresceu ele decidiu abandonar a vida normal e se tornar um criminoso, mudando seu nome para Edward Nygma, que abreviado é E. Nygma, enigma. Seu maior objetivo tornou-se superar o Batman intelectualmente, buscando desafiá-lo com diversas charadas, muitas vezes escondendo artefatos mortais de verdade, não só para o herói mas também para cidadãos comuns.

DUAS-CARAS
Harvey Dent era um grande promotor de justiça de Gotham City, aclamado pelo povo por colocar diversos criminosos na cadeia e por suas ações para acabar com a máfia da cidade. Certo dia, durante um julgamento, o líder da máfia Sal Maroni estava sendo interrogado por Dent e, de repente, o atacou jogando ácido no rosto do promotor. Dent teve metade do rosto queimado e enlouqueceu depois disso. Ele tinha o hábito de tomar pequenas decisões com cara ou coroa usando sua moeda da sorte, mas depois do acidente ele passou a decidir praticamente sua vida inteira na moeda. Logo ele se tornou um criminoso responsável por diversos assassinatos movidos por suas obsessões e loucuras.


MULHER-GATO
Selina Kyle passou quase a vida toda em um orfanato até que decidiu fugir. Teve de encarar a vida nas ruas e logo se tornou uma ladra. Com o passar do tempo ela se tornou bem habilidosa, aprendeu a se mover silenciosamente, entrar e sair de lugares sem ser vista e conseguia lutar e correr pelos telhados das casas e prédios de Gotham City. Com tantas habilidades ela subiu de nível, se tornando uma ladra de joias, o que lhe permitiu sair das ruas. Quando o Batman apareceu ela se tornou inspirada por ele e criou para si o uniforme semelhante a um gato, pra combinar com seus movimentos. Ela e Batman possuem uma relação conturbada, que vai desde a relação herói e vilã até um romance.


ARLEQUINA
Harleen Quinzel era uma ginasta excepcional desde pequena e com isso conseguiu uma bolsa para estudar psicologia. Após se formar ela foi trabalhar no Asilo Arkham, onde foi designada para tratar o Coringa, porém acabou se apaixonando por ele e o ajudou a escapar. Apesar de estar realmente apaixonada pelo Coringa, ele apenas a usava quando era necessário, sendo bem abusivo, inclusive. Mesmo enlouquecendo aos poucos Harleen percebeu que estava sendo explorada e se uniu à Hera Venenosa para se tornarem criminosas juntas. Recebeu da nova parceira um soro que lhe deixava imune à venenos, inclusive o gás do Coringa, e ampliava sua força física, o que a tornava bem mais perigosa já que possuía grande agilidade e flexibilidade provenientes da ginástica.

HERA VENENOSA
Pamela Isley era uma jovem tímida e muito inteligente. Ela desenvolveu uma paixão por botânica e quando foi para a universidade estudou essa área incessantemente. Um de seus professores, o homem que viria a ser o vilão Homem-Florônico, a convenceu de participar de alguns de seus experimentos. O professor lhe injetou várias toxinas vindas de plantas e fez vários outros testes que deixaram Pamela bem debilitada e a beira da morte. Mas, inexplicavelmente, ela se recuperou e, além disso, ganhou habilidades. Se tornou capaz de controlar qualquer planta como quiser, ganhou imunidade a todo tipo de veneno proveniente de plantas e o poder de liberar feromônios capazes de atrair outros humanos e deixá-los praticamente hipnotizados.

PINGUIM
Oswald Cobblepot nasceu em uma família rica, mas isso não foi o suficiente para evitar que ele fosse visto com estranheza por possuir um longo e pontudo nariz e apenas três grossos dedos nas mãos. Quando seu pai morreu de pneumonia após se molhar em uma chuva, sua mãe se tornou paranoica e obrigou Oswald a estar sempre com um guarda-chuva. Mesmo com seu amor por pássaros e tendo estudado ornitologia, Oswald decidiu se tornar um criminoso para se vingar dos que fizeram piada com ele. Não demorou até que essas vinganças o tornasse notório e o transformasse em um chefe do crime em Gotham City. Os seus guarda-chuvas se tornaram suas principais armas, sendo equipados com armas de fogo, disparadores de gancho, gás ou explosivos, entre outros apetrechos.

ESPANTALHO
Jonathan Crane foi abandonado pelos pais e cresceu com a avó e a bisavó. Sua infância foi conturbada por diversos motivos, principalmente os abusos que sua bisavó fazia ao colocá-lo no meio dos corvos para ser atacado e, na escola, sofria com piadas e agressões por ser muito magro. Essas experiências fizeram com que ele ficasse fascinado por estudar o medo, o que o levou a se tornar um psiquiatra. Foi trabalhar no Arkham, onde pôde testar seu novo experimento, um gás do medo que induzia pesadelos horríveis, nos prisioneiros do lugar. Quando o Batman descobriu o que ele fazia, Jonathan foi demitido e preso. Ele então resolveu se vingar do herói, adotando um uniforme de espantalho e criando equipamentos para dispersar o gás do medo nas suas vítimas.

BANE
Bane nasceu em uma prisão secreta onde sua mãe cumpria pena. Ele a perdeu ainda muito novo e teve de aprender a se virar sozinho, pois nem mesmo os guardas se importavam com o que acontecia entre os presos. Ele cometeu seu primeiro assassinato aos oito anos, depois passou dez anos na solitária. Nos demais anos ele tratou se aperfeiçoar-se: treinou artes marciais, fez bastante musculação e leu muitos livros, ficando bem forte e inteligente. Passou a ter alguns pesadelos envolvendo Gotham City e morcegos. Sua determinação o fez ser convocado como cobaia para um projeto dos diretores da prisão, onde recebeu uma droga experimental chamada Veneno, que lhe concedeu muito mais força física. Com isso ele conseguiu escapar e foi até Gotham, atrás do morcego que atormentava seus sonhos, o Batman.

SENHOR FRIO
Victor Fries tinha um hobby peculiar na infância: gostava de congelar insetos. Quando seu pai descobriu ficou horrorizado e o enviou para um internato, onde Victor sentia-se sempre sozinho. Ele nunca mais voltou para casa e mesmo na faculdade, onde estudava criogenia, ele não tinha amigos. Foi quando conheceu Nora, acabaram apaixonando-se um pelo outro e se casaram. Anos mais tarde Nora descobriu um câncer e Victor a colocou em estado de criogenia, onde ela permaneceria congelada até uma cura ser descoberta. Porém Victor foi descoberto e, em uma briga com seu chefe, acabou caindo sobre produtos químicos que o obrigaram a viver sempre em baixas temperaturas. Com o financiamento cortado, ele desenvolveu um traje para mantê-lo gelado e começou a cometer crimes para conseguir dinheiro e manter sua esposa viva enquanto fazia a pesquisa pela cura.

_ _ _ _ _

Até a próxima postagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário