;

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

As 15 Heroínas mais poderosas da DC Comics

Demorei para fazer essa, hein? A versão da Marvel para as heroínas mais poderosas já saiu faz tempo, acabei de perceber que daqui a 13 dias vai fazer um ano que a postei e até pensei em atrasar essa um pouquinho para que fiquem com esse intervalo exato, mas decidi postá-la logo. Você pode ver a versão da Marvel clicando aqui.

Como sempre faço, aqui vai algumas explicações. O critério para saber se é uma heroína ou não é meu, então talvez possa haver algo com o qual você não concorde. Basta usar os comentários e eu vou avaliar.
A Hipólita, rainha das amazonas e mãe da Mulher Maravilha e da Moça Maravilha (Donna Troy) não aparece aqui porque não a considerei uma heroína, no sentido mais comum da palavra. Só porque ela não é uma vilã não significa que seja uma heroína. O mesmo eu considerei para outra personagem poderosíssima, a Precursora. Depois desses exemplos, resta dizer que entidades, mesmo que muito poderosas, não constam nessa lista. Apenas heroínas. Ah, ter um lugar na Liga da Justiça conta como ponto para ser considerada uma, caso você questione a presença de uma nova deusa aqui.

Vamos começar.


Barbara Gordon, uma das heroínas a usar o nome Batgirl, foi treinada pelo próprio Batman em técnicas de investigação e análise, e por Richard Dragon (um dos maiores lutadores da DC) em artes marciais. Possui seu próprio cinto de utilidades com bastões, batarangues, cordas, bombas e muito mais. Ela também é um gênio, especialista em informática. Passou anos combatendo o crime, enfrentando poderosos vilões, até ser aleijada pelo Coringa. Mesmo depois disso ela continuou suas missões, agora ajudando o Batman em uma base fixa e usando o codinome Oráculo.


Vixen possui um totem místico que lhe permite adquirir habilidades de animais, uma por vez. Pode ser a força de um elefante, a velocidade de um guepardo, a capacidade de voo de uma águia, a camuflagem de um camaleão e por aí vai. Essa lista fica bem grande e inclui até algumas habilidades bem úteis, porém estranhas, como o poder de coice de um cavalo. Ok, isso conta alguns pontos nessa lista.


A Canário Negro a qual me refiro é Dinah Laurel Lance, a que ficou mais famosa e é realmente a mais poderosa, uma adversária perigosa e letal. Ela possui um único poder, que é o "grito da canário", uma emissão de som com potência para destruir construções e nocautear pessoas. Além disso ela é treinada em mais de dez tipos de artes marciais e teve como professores ninguém menos que Richard Dragon e o Pantera. A Mulher Maravilha também a treinou e lhe ensinou o estilo de lutar das amazonas. Possui alguns equipamentos, como bastões de combate e bombas que emitem sons atordoantes.


Muitas heroínas assumiram o manto de Mulher-Gavião e mesmo que a maioria das pessoas goste de Shayera Hol (ou Hall) depois de assistir ao desenho da Liga, devo admitir que considero Shiera Sanders bem mais poderosa. Shayera era uma alienígena policial do planeta Thanagar, mas essa versão foi "deletada". Shiera é uma das reencarnações de uma princesa egípcia chamada Chay-Ara. Ela tem acesso à equipamentos feitos de metal enésimo, um material vindo do espaço. Com esses equipamentos (um cinto e botas) ela é capaz de voar, ganha força, velocidade e resistência sobre-humanas e habilidade de luta com armas antigas, principalmente clavas.



Safira Estrela foi escolhida para se tornar a rainha de uma raça alienígena e para isso recebeu uma joia que lhe dava poderes. Primeiro ela foi vilã do Lanterna Verde por um bom tempo, já que quando usava a joia acabava esquecendo quem era de verdade. Mas felizmente ela recobra sua consciência e se torna uma heroína. O poder da joia foi contido em um anel, que dava a Carol poderes como emissão de energia, capacidade de criar formas que quisesse (como armas e ferramentas) com essa mesma energia, poder de voar atravessando o espaço em pouco tempo, regenerar ferimentos, traduzir instantaneamente qualquer língua do universo e muitas outras coisas.


Ametista é uma heroína que agiu principalmente na sua dimensão natural, o Mundo de Cristal, onde ela liderou uma revolta contra o usurpador do trono. Nessa empreitada ela aprendeu diversas magias e habilidades de combate, principalmente armado. Ela se tornou um Lorde da Ordem, ganhando ainda mais poder místico. Ametista chegou a enfrentar e resistir ao Espectro, uma das entidades mais poderosas do Universo DC.


Mera é a regente de Atlântida, esposa do Aquaman. Além de uma resistência física impressionante que lhe permite viver no fundo dos oceanos, onde a pressão esmaga submarinos facilmente, ela é superforte, nada com velocidade incrível e pode respirar debaixo da água da mesma forma que fora dela. Porém sua habilidade mais notável é a hidrocinese, a manipulação de água, podendo controlar ondas, tsunamis, criar formas com água (como lanças e mísseis) ou transformá-la em objetos de gelo. Ela também já mostrou-se capaz de controlar a água no corpo humano, o que a torna capaz de matar qualquer pessoa que quiser.


Estelar é uma tamareana, espécie alienígena que desenvolveu poderes especiais e habilidades bem mais avançadas que os humanos. Com essa fisiologia, contando ainda com o fato de que foi vítima de alguns experimentos enquanto esteve capturada no passado, Estelar é capaz de absorver radiação ultravioleta (como a que o Sol libera aos montes) e converte em energia para seus poderes, que incluem voar e disparar rajadas de energia concentrada com alto poder destrutivo. Ela é capaz de aprender qualquer idioma apenas com contato físico, como por exemplo a emblemática cena onde aprende o inglês ao beijar Dick Grayson, o Robin.


Maxima não é tão conhecida do grande público pois teve seu destaque nos anos 90 e depois de morrer em uma história de 2001 ela foi esquecida. Ela é uma alienígena de Almerac, espécie que possui habilidades naturais resultado de alguns experimentos. Seus poderes telepáticos são bem vastos, incluindo telecinese, controle mental, telepatia, criação de campos de força, teleporte, dispara laser pelos olhos e as habilidades básicas como força e resistência são muito bem desenvolvidas, tanto que conseguiu lutar por um bom tempo contra o Superman suportando seus ataques e tomando vantagem em algumas vezes (na época em que apareceu como vilã). Já mostrou seu poder enfrentando personagens bem poderosos, como Órion e Apocalipse.


A Grande Barda pertence aos Novos Deuses, assim como o Pai Celestial e Darkseid. Esse grupo de seres possui contato quase que direto com A Fonte, a energia primordial que criou o universo, o que lhe garante algumas habilidades bem especiais. Grande Barda possui perto de 300 anos, mas pode viver milhares. Isso é um tipo de imortalidade, considerando que ela só morre se sofrer um dano realmente sério, o que é difícil já que ela é resistente a muitos tipos de dano. Possui ainda equipamentos dos novos deuses, como armadura e discos que lhe permitem voar. Ela usa muitas armas, mas a sua arma especial é o Megabastão, capaz de abrir portais e disparar rajadas de energia, além de que Barda, com sua força incrível, o usa para combate corpo a corpo.



Vindo direto da Terra-2, Poderosa é a versão da Supergirl nesse universo. Como tal, ela é uma kryptoniana e de poderes semelhantes. É superforte, move-se com grande velocidade, pode voar, possui resistência sobre-humana, incluindo pele impenetrável, visão de raios-x, microscópica, telescópica e de calor, e o sopro congelante que também é capaz de criar poderosas rajadas de vento. Porém, diferente dos kryptonianos do outro mundo, Poderosa não absorve energia do Sol, ela própria gera essa energia, o que pode parecer bem mais eficiente, mas não é bem assim, afinal isso a impede de usar toda sua capacidade.


Como uma kryptoniana, Supergirl possui todos os poderes que a fisiologia de sua espécie lhe permite usar quando recebe e absorve a radiação do Sol amarelo, como o que temos no nosso Sistema Solar. Embora seja sempre comparada ao Superman, é evidente que seus poderes estão em uma versão menos forte que os de seu primo. Seus poderes são os mesmos que as da Poderosa (não vou gastar linhas escrevendo tudo de novo). A considero melhor que a Poderosa justamente por conseguir atingir picos de poder enquanto está na Terra, graças ao Sol.


Zatanna é uma das melhores representantes do universo místico da DC Comics, junto com personagens como Constantine e o Monstro do Pântano. Ela é capaz de realizar diversos tipos de encantamentos, bastando para isso recitar palavras específicas ao contrário. Já foi mostrada usando feitiços de cura, controlando elementos naturais como fogo e vento, paralisando o tempo, viajando para outras dimensões e transformando pessoas em animais, entre outros feitiços. Ainda não foi mostrado qual o limite de suas magias, então podemos imaginar que ela pode aprender a usar qualquer feitiço que existe.


Até aqui tivemos novas deusas, tamareanas, kryptonianas, entre outras, mas o segundo lugar fica com uma meio-demônio. Ravena é filha do demônio interdimensional Trigon com a humana Arella. Seus poderes são de natureza mística e incluem a capacidade de voar, se teletransportar, mover objetos com o poder da mente, criar uma projeção astral de si mesma e a chamada empatia, uma habilidade que lhe permite manipular emoções e sentimentos, seus e das outras pessoas, e isso é o responsável por deixá-la tão séria e aparentemente sem sentimentos. Fica ainda mais poderosa quando deixa liberar seu lado demoníaco, ganhando acesso a uma energia obscura que lhe permite manipular a escuridão e até mesmo viajar no tempo.


Você já esperava por essa, né? A Mulher Maravilha é uma amazona com status de quase deusa, dotada de superforça, resistência sobre-humana, capacidade de voar, entre outros poderes comuns aos demais heróis. É uma guerreira nata, hábil com espada, escudo, arco e lança, além dos seus icônicos Laço da Verdade (inquebrável e que obriga qualquer um a dizer a verdade) e os Braceletes da Submissão (capazes de absorver e repelir qualquer ataque inimigo). Em anos de histórias ela já se mostrou a heroína mais importante da DC Comics, enfrentou deuses, inimigos e amigos mais poderosos que ela, como em seus confrontos contra o Superman ou o Aquaman. Arrisco a dizer ainda que, apesar de ser menos poderosa que Jean Grey ou Feiticeira Escarlate (por exemplo), a Mulher Maravilha é sem dúvida a maior heroína dos quadrinhos, por isso esse primeiro lugar é mais que merecido.

_ _ _ _ _

E aí, gostou da lista? Deixe sua opinião nos comentários!

Até a próxima postagem!

Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Não entendi pq a circe não ta no top er...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Circe está mais pra uma vilã da Mulher-Maravilha, e o post é focado em heroínas apenas.

      Excluir
  2. Daria pra fazer uma lista de todos heróis e heroinas kryptonianos?

    Pra mim só avia o Superman, Superboy, Supergirl e Poderosa, mas tem aparecido mais.(pra uma raça quase extinta, tem muita gente sobrando)

    ResponderExcluir