;

quinta-feira, 28 de maio de 2015

DC Comics: Antimonitor

Nome: Antimonitor
Nome original: Anti-monitor
Identidade: Antimonitor
Origem: Em uma lua do planeta Qward, Universo de Antimatéria
Altura: Desconhecida
Peso: Desconhecida
Ocupação: -
Afiliações: Tropa Sinestro


Há incontáveis anos atrás, em um planeta chamado Oa, houve um cientista chamado Krona que era obcecado por entender a ordem do universo, mas para isso precisa entender sua criação, o Big Bang. Ele conduziu um experimento que não deu certo e gerou tanta energia (semelhante ao Big Bang) que acabou por criar vários outros universos paralelos. Um dos universos criados foi o Universo de Antimatéria, onde surgiu o Antimonitor, um ser cósmico infinitamente poderoso. No universo "comum", que abriga as Terras paralelas, havia o Monitor, porém esse era bondoso, diferente de sua contraparte. Quando eles descobriram a existência um do outro começaram uma guerra imensa sem precedentes, que terminou com os dois hibernando por 9 milhões de anos. Porém após isso o Antimonitor acorda e descobre que sempre que destrói um universo de matéria comum o seu universo de antimatéria se expande e ele fica ainda mais poderoso. Por isso ele resolve viajar por todos os universos de matéria comum para destruí-los. 
Antimonitor está na seleta lista dos seres mais poderosos de todos os universos. Ele é capaz de absorver e disparar descargas de energia que varrem galáxias inteiras. É capaz ainda de alterar a realidade como quiser, inclusive desenvolvendo (aparentemente) qualquer poder existente. Seus poderes são tão vastos e ele é tão resistente que lutou por muito tempo sem parar contra todos os heróis das mais diversas realidades diferentes.
Depois de causar uma destruição enorme, acabando com vários universo e Terras paralelas, ele usa um golpe final e acaba morrendo. Porém ele renasce um tempo depois e por um período de tempo ele fica com a Tropa Sinestro, sendo altamente influenciado pelos pensamentos do líder.

Veja a lista de personagens da DC Comics.

Até a próxima postagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário