;

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Histórico de Intérpretes: Mitologia do Batman

Seguindo a onda de adaptações de quadrinhos para cinema e TV eu vou listar, se possível todos, os personagens que já tiveram um intérprete real em algum filme ou série de TV, contando desde o começo mesmo. Serão personagens de HQs, animes e jogos! Veremos Superman, Batman, Lara Croft, Mario, Resident Evil, Gantz...

Nessa primeira postagem gostaria que vocês ficassem atentos a algumas observações:
Quando cito o filme/série da aparição do personagem dei preferência por usar o nome original, não importa a língua e no caso das séries o ano apresentado é o ano de história, não significa que a série só durou aquele ano e muito menos que foi o ano de estreia do personagem em questão!



Vou começar com alguns personagens da mitologia do Batman!

 
Batman


Lewis Wilson
Na série The Batman de 1943. Wilson fez um Batman muito simples, com roupa de pano e tudo mais. Ficou conhecido por fazer várias críticas subliminarmente aos alemães e japoneses, afinal estavam na época da Segunda Guerra Mundial e essas duas nacionalidades eram inimigas dos americanos.


Robert Lowery
Na série Batman & Robin de 1949. Possuía muitas semelhanças com o Batman de Lewis Wilson, inclusive na roupa de pano (com as orelhinhas tortas que eu acho hilário!).


Adam West
Na série Batman, de 1966 e no filme Batman de 1966.. Foi quase uma série de comédia, portanto tínhamos West fazendo um Batman com utensílios engraçados e dizendo frases de efeito malucas. As lutas tinham aquelas onomatopeias gigantes aparecendo!


Michael Keaton
No filme Batman, de 1989 e em Batman Returns, de 1992. Keaton faz um Bruce mais galanteador e um Batman mais simples. No primeiro filme ele enfrenta o Coringa e tem que lidar com sua atração pela fotógrafa Vicki Vale e no segundo enfrenta o Pinguim e se apaixona pela Mulher-Gato.


Val Kilmer
No filme Batman Forever, de 1995. Dessa vez, apesar de trocar o ator, não mostraram a origem do herói de novo. Ele já surge combatendo o crime e tendo que enfrentar o Duas Caras e o Charada, mas agora com a ajuda do Robin.


George Clooney
No filme Batman & Robin, de 1997. Clooney vive um Batman com um uniforme um pouco mais sofisticado e conta com mais ajuda: além do Robin, com a Batgirl e precisa enfrentar o Sr. Frio, Hera Venenosa e um Bane secundário. Clooney disse que esse filme o fez chorar. Não por ser emocionante, mas por ser uma lástima...


Christian Bale
Na trilogia de filmes Batman Begins de 2005, The Dark Knight de 2008 e em The Dark Knight Rises de 2012. Bale foi o que mais se destacou como Batman. Ele criou um herói mais sombrio, inteligente e explorou melhor as características do personagem. É claro que a genial direção de Christopher Nolan nos três filmes ajudou bastante. Nos três filmes ele desenvolve melhor seus equipamentos, como um Batmóvel mais "real", assim como suas habilidades.


David Mazouz
Na série Gotham, de 2014. A série se passa em um passado antes dos eventos conhecidos, portanto Batman ainda não é o Batman, é apenas um Bruce criança que acabou de perder seus pais e tornou-se obcecado em procurar o assassino.


Ben Affleck
É o Batman do Universo Estendido DC. A proximidade com o Batman dos quadrinhos, no jeito de agir, habilidades e equipamentos, agradou bastante a maioria dos fãs. Affleck aparentemente veio para ficar.



Robin 


Burt Ward
Na série Batman de 1966. Burt auxiliava e muito no lado cômico da série. Quem não se lembra dos "Santa... Batman!". Mas convenhamos que aquele Robin dos quadrinhos no passado era o único personagem que não deveria ser interpretado fielmente na vida real. Por que? Quem quer um garoto de capa correndo por aí de cueca? Por falar em cueca, há uma história que diz que Burt precisava colocar gelo seco na cueca para encolher seu "gadget" que fazia muito volume...


Chris O'Donnell
Nos filmes Batman Forever de 1995 e Batman & Robin de 1997. Em Batman Forever Chris parece um sujeito saído do N'Sync com pinta de rebelde e tem sua história trágica contada, inclusive a parte em que descobre a Batcaverna e passa a ajudar o Batman. Já no segundo filme que atuou ele se veste como herói, mas nada parecido com a versão dos quadrinhos, na verdade lembrando muito mais a roupa do Batman ou do Asa Noturna dos quadrinhos.


Joseph Gordon-Levitt
No filme The Dark Knight Rises de 2012. Ele não foi bem o Robin no filme, onde ele é um policial chamado John Blake. Mas é só no fim do filme que descobrimos que seu nome de verdade é Robin e que ele encontrou a Batcaverna, assim como o Robin original.


Batgirl/Oráculo


Yvonne Craig
Na série Batman de 1966. Usava uma roupa bem colorida como nas HQs, uma pena as televisões ainda serem em preto e branco na época. Além da roupa, sua origem também é muito fiel aos quadrinhos e foi bem aceita pelos fãs.


Alicia Silverstone
No filme Batman & Robin de 1997. Alicia surge como Barbara nesse filme e ainda nele vira Batgirl e começa a combater o crime ao lado de Batman e Robin. Talvez essa pressa tenha estragado sua personagem, pois não tivemos um melhor desenvolvimento dela e suas cenas eram bem corridas. O que me deixa triste, pois Alicia estava muito bonita no uniforme (lembrando novamente que os uniformes nesse filme eram ridículos e muito monótonos).


Dina Meyer
Na série Birds of Prey de 2002. Aqui, Barbara Gordon já está paraplégica e age sob o nome de Oráculo.
 

James Gordon 


Neil Hamilton
Na série Batman de 1966 e no filme Batman de 1966. Segundo seus companheiros de série, Neil nunca faltou a nenhuma filmagem, mesmo quando não estava em cena e decorava seus textos facilmente. O ator fez tão bem o papel que é lembrado por isso até hoje, mesmo tendo feito muitos outros filmes.


Pat Hingle
Nos filmes Batman (1989), Batman Returns (1992), Batman Forever (1995) e Batman & Robin (1997). Ficou por quatro filmes fazendo o mesmo personagem, mesmo que o intérprete de Batman tenha mudado três vezes nesse período, algo que só se repetiu com Michael Gough, o Alfred. Sabe o cara que você teria medo de ver gritando contigo? Então, esse é o Pat Hingle.


Gary Oldman
Na trilogia de filmes Batman Begins de 2005, The Dark Knight de 2008 e em The Dark Knight Rises de 2012. Como eu gostei dessa atuação! Por ser fã de Harry Potter eu sabia o quão Gary Oldman era bom, mas ele me surpreendeu. Se você prestar atenção, o seu Gordon se preocupa com cada detalhe da cena, como se fingir de cansado mesmo quando sabemos que a cena toda foi feita por um dublê. É incrível! Sinceramente acho que ele deveria voltar para o novo Universo Cinematográfico DC.


Ben McKenzie
Na série Gotham de 2014. Como protagonista da série, temos vários momentos de McKenzie nas telas, ainda como um detetive e não como comissário. O que eu achei mais legal na atuação são as expressões faciais do ator, principalmente quando ele está confuso. Sendo tão expressivo é difícil se dar mal.


Alfred Pennyworth


Alan Napier
Na série Batman de 1966. Napier era perfeito para o papel. Ele já até tinha lido uns quadrinhos antes de ser chamado. Eu só achei que sua aparência na série o deixava muito fraco, com aqueles óculos fundo de garrafa. Ele não passava a ideia de ser um cara bem forte.


Michael Gough
Nos filmes Batman (1989), Batman Returns (1992), Batman Forever (1995) e Batman & Robin (1997). Agradou tanto que, junto com o Gordon de Hingle, foi o que mais durou com o mesmo personagem nessa lista.


Michael Caine
Na trilogia de filmes Batman Begins de 2005, The Dark Knight de 2008 e em The Dark Knight Rises de 2012. Talvez a melhor interpretação do Alfred. Aqui ele aparece como um conselheiro e melhor, faz algumas piadas! Um lado sarcástico que ficou ótimo com o personagem.


Sean Pertwee
Na série Gotham de 2014. Eu gostei demais dessa versão porque podemos ver um Alfred mais jovem que pode mostrar todas as suas habilidades, tanto como médico (que já víamos antes) quanto como lutador, inclusive é ele quem treina Bruce logo no começo.


Jeremy Irons
Provavelmente em Batman vs Superman em 2017. Está confirmado como o Alfred do Batman de Ben Affleck.


Coringa


Cesar Romero
Na série Batman de 1966 e no filme Batman de 1966. O Coringa de Romero era bem cômico e colorido. Era engraçado como o ator não tirava o bigode e cobria ele com maquiagem, então em certos pontos você conseguia ver ele saltando no rosto do Coringa. E na minha opinião ele tinha um sorriso amedrontador de verdade.


Jack Nicholson
No filme Batman de 1989. Também foi um Coringa bem cômico, porém com um toque de psicopatia. O Coringa de Nicholson estava sempre com uma arma na mão e sua caracterização ficou perfeita!




Roger Stoneburner
Na série Birds of Prey de 2002. Sim, existiu um Coringa nessa série. Eu descobri isso recentemente e fiquei chocado! Mas não temos boas imagens dele, apenas algumas com péssima resolução. Pra vocês terem ideia nem foto do ator eu encontrei.


Heath Ledger
No filme The Dark Knight de 2008. Ledger encarnou o personagem com uma maestria jamais vista, mostrou-nos um Coringa maníaco sociopata e imprevisível, mas eu acho que faltou-lhe um pouco do lado cômico do personagem. Há quem diga que ninguém jamais fará um Coringa como Ledger...


Jared Leto
Confirmado no filme Suicid Squad de 2016. Leto começou as transformações em março de 2015, cortando e pintando seu cabelo, e as filmagens estão previstas para abril do mesmo ano. As transformações de Leto são surpreendentes e o elenco diz que está muito surpreso com a atuação dele. Aparentemente Leto está se dedicando muito, muito mesmo, ao personagem. Veremos algo grandioso, tenho certeza!



Arlequina

Mia Sara
Na série Birds of Prey de 2002. Se parece pouquíssimo com a Harley dos quadrinhos, uma das bizarrices da série cancelada.


Margot Robbie
Confirmada para o filme Suicid Squad de 2016. Ainda não tive tempo para parar e assistir um filme com a Margot para ver como ela atua e até agora nada foi revelado sobre sua personagem. O único jeito é esperar. Mas pelas fotos divulgadas do set até então tenho certeza que amarei Margot como Harley! Ela ficou fofa e perigosa ao mesmo tempo!



Mulher-Gato 


Julie Newmar
Na série Batman de 1966. No tempo das roupas de pano, Julie Newmar surge como uma Mulher-Gato em roupa de lycra com purpurina que ela mesmo desenhou, explorando ao máximo sua sensualidade, afinal ela era uma habilidosa bailarina na época. Uma pena que teve que abandonar a série.


Eartha Kitt
Na série Batman de 1966 a 1968. Substituiu Julie como Muher-Gato. Sua interpretação não foi tão boa quanto sua antecessora, mas conta-se que seu ronronar deixava todos os marmanjos loucos da vida.


Lee Meriwether
No filme Batman de 1966. A na época famosa e ex-Miss Estados Unidos, Lee Meriwether tentou tapar o buraco deixado pela saída de Julie no filme sobre a série e até que deu certo! Talvez seja porque parecia com Julie ou porque o filme foi colorido, diferente da série, mostrando um pouco mais da moça. Ela foi bem recebida pelos fãs e inovou ao usar um tipo de máscara que tempos mais tarde viraria um tipo de fetiche.


Michelle Pfeiffer
No filme Batman Returns de 1992. Na minha opinião, a melhor Mulher-Gato de todas. Pfeiffer abusou da sensualidade, assim como a personagem, e mostrou-se bem ardilosa, além de brincar com o fetiche de secretárias sensuais. E o olhar dela...


Maggie Baird
Na série Birds of Prey de 2002 (que teve apenas um episódio e foi cancelada). Maggie aparece apenas por alguns momentos, como uma participação especial. 


Halle Berry
No filme Catwoman de 2004. Halle escorregou feio nesse filme, o roteirista e o figurinista não ajudaram nem um pouco. Ela ressuscitou o chicote dos quadrinhos, mas com a roupa de couro exibicionista que vestia ela parecia mais uma dominatrix. Aliás, o filme inteiro foi um fracasso, começando pelo fato de que a única coisa baseada nos quadrinhos ali foi o nome da personagem.


Anne Hathaway
No filme The Dark Knight Rises de 2012. Minha fofinha Anne Hathaway fez muito bem sua personagem, mas em meio a tantos acontecimentos do final da trilogia ela meio que ficou apagada. Trouxe a roupa colada de novo e deixando a máscara grande de lado, usando apenas uma tiara com um par de orelhas e uma máscara menor que deixavam seus cabelos soltos, assim como as primeiras atrizes.


Camren Bicondova
Na série Gotham de 2014. É uma versão mirim, por isso não temos toda a sensualidade da personagem. Mas podemos dizer que acertaram no papel: Camren é dançarina e ela aproveita muito disso para uma movimentação acrobática característica da Mulher-Gato. Se não dá pra usar a sensualidade, ela compensa com esperteza.


Pinguim


Burgess Meredith
Na série Batman de 1966 e no filme Batman de 1966. O Pinguim de Meredith era um homem magro, de cartola e smoking e com um nariz longo, o que era fiel aos quadrinhos da época.


Danny DeVito
No filme Batman Returns de 1992. DeVito revolucionou o personagem e meio que criou uma forma do vilão que seria "oficializada": baixinho, gordo, nariz longo, smoking e uma deformidade que deixava seus dedos juntos, dando às suas mãos a aparência de patas de pinguim. Foi uma das melhores caracterizações de personagens de quadrinhos que já vi na minha vida.


Robin Lord Taylor
Na série Gotham de 2014. O Pinguim de Taylor ainda é um jovem que acaba de sair da vida de capanga para começar sua carreira como chefão do crime. Por enquanto tem uma pequena boate e alguns capangas. De aparência ele lembra mais o Pinguim de Meredith.


Senhor Frio


George Sanders
Na série Batman de 1966. A primeira versão do Senhor Frio usava um traje ridículo, que parecia uma mistura de traje de contenção com traje de mergulho. Era ridículo, mas eu entendo, eram os anos 60...


Otto Preminger
Na série Batman de 1966. Foi um dos personagens mais cômicos da série, na minha opinião. Aquelas sobrancelhas...! Foi o primeiro a ter a pele esbranquiçada que se tornou característica do personagem.


Eli Wallach
Na série Batman de 1966. Ainda na série usaram um terceiro ator para o personagem, e esse era bem diferente. Eli não era careca como os outros, mas tinha um cabelo com efeito de congelado que eu gostei bastante. E as sobrancelhas malucas voltaram!


Arnold Schwarzenegger
No filme Batman & Robin de 1997. A história do personagem foi bem contada, mas como aconteceu com a maioria dos personagens dos filmes do Batman nos anos 90, o figurino não ficou bom. A dele parecia uma armadura medieval. Mas a atuação de Arnold foi boa, apesar das frases de efeito desnecessárias.


Charada


Frank Gorshin
Na série Batman de 1966 e no filme Batman de 1966. Quando ele interpretava o papel o Charada parecia bem mais maníaco que o normal. Mas eu gostei muito da atuação de Gorshin, era algo bem radical se você levar no contexto. Preste atenção no olhar dele nessa foto:


John Astin
Na série Batman de 1966. Substituiu Frank Gorshin por dois episódios na série. Sempre que vejo o Charada de Astin eu dou risada. Cara, aquela máscara e o bigodinho escondendo metade de um sorriso sinistro... parecia um estuprador!


Jim Carrey
No filme Batman Forever de 1995. Jim Carrey parecia perfeito para o papel! Seu Charada tinha gestos engraçados e uma personalidade insana que só ele conseguiria fazer. Pena que o roteirista não foi gentil com ele e seu desenrolar na história decepcionou um pouco.


Cory Michael Smith

Na série Gotham de 2014. Charada ainda não assumiu esse nome, ele ainda é Edward Nigma, legista da Polícia de Gotham. Amei a interpretação do Smith, tornou-se um dos meus personagens favoritos da série. Sua expressões o tornam cômico, mas também há momentos em que ficamos tristes com a sua decepção amorosa.


Duas-Caras


Billy Dee Williams
No filme Batman de 1989. O Harvey desse filme, ainda uma pessoa comum, é meio diferente do original, começando pelo fato do seu intérprete ser negro. A ideia era que Billy Dee continuasse como Duas Caras na continuação, mas não deu certo e escolheram outro ator.


Tommy Lee Jones
No filme Batman Forever de 1995. Ele foi o substituto de Billy Dee. Eu gostei da atuação de Jones, o Duas Caras dele ficou bem psicótico. Mas quando se juntava com o Charada os dois pareciam meio idiotas, isso foi meio decepcionante. De resto, ele fez um bom personagem!


Aaron Eckhart
No filme The Dark Knight de 2008. Em metade do filme Aaron nos trás um Harvey determinado e cumpridor de seu dever como promotor de Gotham, indo contra todos os corruptos e mafioso. O legal é que acompanhamos como esse tipo de pessoa se torna um criminoso cruel, após queimar metade de seu rosto e perder o amor da sua vida. Achei muito inovador também mostrar o rosto queimado de forma mais realista, com parte do globo ocular e mandíbula exposta e tudo mais. Ficou mais amedrontador!

 
Nicholas D'Agosto
Na série Gotham de 2014. Na série ele ainda é um advogado. É um personagem bem misterioso, mas Nicholas ainda nos faz pensar que Harvey tem uma habilidade de julgamento única, inclusive começando a usar a moeda para julgamentos pequenos.


Hera Venenosa


Uma Thurman
No filme Batman & Robin de 1997. A interpretação de Uma Thurman foi bem fiel a dos quadrinhos, com toda sua sensualidade, inclusive mandando aquele beijo no Robin...


Clare Foley
Na série Gotham de 2014. Assim como todas as crianças de rua da série, eu tenho medo dessa Hera Venenos. Ele deve ter menos de 12 anos na série, mas sua personalidade fria e inexpressiva é amedrontadora. Quando crescer, se juntar a sensualidade, ferrou... 


Bane
 

Jeep Swenson
No filme Batman & Robin de 1997. Nesse filme preocuparam-se em mostrar Bane somente como um sujeito forte, por isso colocaram o lutador Jeep Swenson. Ele age apenas como um guarda-costas da Hera Venenosa e nem falar sabe, tem outro nome, outra origem...


Tom Hardy
No filme The Dark Knight Rises de 2012. Aqui sim uma obra-prima! Hardy mostrou-nos o Bane que conhecemos dos quadrinhos: um super-terrorista com extrema força física, vigor fora do normal e muito inteligente. Gostei do fato do Bane de Hardy não ser um gigante bombado, afinal o Bane clássico não é tão enorme assim. Ele também não foi peludo como nos quadrinhos, uma mudança ótima, afinal isso é um baita estereótipo de mal gosto para latinos criado nos EUA. Faltou apenas a máscara legal do Bane, mas Hardy fez um trabalho excepcional!


Espantalho



Cillian Murphy
No filme Batman Begins de 2005, em The Dark Knight de 2008 e em The Dark Knight Rises de 2012. Murphy deu ao personagem uma versão bem psicopata mesmo, daqueles que você tem medo até do olhar.


Charlie Tahan
Na série Gotham de 2014. Apesar de ser uma criança mostrando a origem do vilão, até que suas expressões diante do medo não ficaram ruins. Aqui é seu pai quem desenvolve a substância que induz o medo e que usa o filho como cobaia.


Ra's Al Ghul


Liam Neeson
No filme Batman Begins de 2005 e The Dark Knight Rises de 2012. Você é daqueles que idolatra Chuck Norris? Deve ser porque não conhecem Liam Neeson. Além de ser Zeus em Fúria de Titãs, Aslam na Saga Crônicas de Nárnia, Qui-Gon Jin em Star Wars, Hannibal do Esquadrão Classe A e, é claro, um dos vilões mais épicos de todos, Ra's Al Ghul. Não poderia dar em outra. A atuação, a caracterização... tudo ficou incrível, ele foi um ser misterioso, mas que ao mesmo tempo instigava uma mistura de medo e admiração. Foi uma pena que o Ra's do filme teve de seguir a linha de personagens do diretor Nolan, que tinha a regra básica de "sem poderes", então ele não tinha seu Poço de Lázaro efetivo, apesar das referências.


Josh Pence
No filme The Dark Knight Rises de 2012. Ele faz um versão jovem do Ra's, mas eu achei um atuação pequena demais para comentar alguma coisa.

Matthew Nable
Na série Arrow de. Gostei de Matthew Nable como Ra's porque ele, assim como Liam fez, consegue passar a imagem de um sujeito mais velho e experiente, mas que ainda assim bota medo pra caramba. A cara do Matthew é amedrontadora, o que é bom já que Arrow tomou um aspecto bem sombrio com o tempo.
 

Talia Al Ghul


Marion Cotillard
No filme The Dark Knight Rises de 2012. Ela faz uma vilã mediana que não tem destaque como tal, mais como Miranda Tate, seu disfarce. Apesar disso deu um pouco de trabalho no filme.


Joey King
No filme The Dark Knight Rises de 2012. Fez a Talia criança por pouco tempo. Uma curiosidade: a garotinha cortou o cabelo bem curto pro papel e usou uns mantos nas filmagens. Os sites que soltavam as primeiras imagens e novidades do filme acharam ela muito parecida com um menino e acharam que seria o Bane criança.


Lucius Fox


Morgan Freeman
No filme Batman Begins de 2005, em The Dark Knight de 2008 e em The Dark Knight Rises de 2012. Ele tinha que estar explicando algo, né? Dessa vez ele não só explica, como também fornece os apetrechos do Batman. Sempre intercalando uma piadinha ali no meio...


Chris Chalk
Na série Gotham de 2014. Estreia na série em 2015 como um jovem Lucius Fox. É cedo demais para falar dele ainda! Mas você pode vê-lo atuar, por exemplo, em 12 Anos de Escravidão, um ótimo filme.


_ _ _ _ _

Eu sei que faltaram alguns, mas já chega por enquanto, já temos uma boa quantidade aqui. Levando em conta os personagens daqui, se eu esqueci de algum ator vocês podem me avisar, por favor!

Até a próxima postagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário