;

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Game of Thrones: Casa Baratheon

A Casa Baratheon é uma das Grandes Casas de Westeros.

Lema
O lema dos Baratheon é:


"Nossa é a Fúria"

No original:

"Ours is the Fury"

Brasão
O brasão dos Baratheon possui um veado na cor preta com uma coroa no pescoço em um fundo dourado.



Membros
Essa galeria exibe membros que possuem algum tipo de relacionamento com os Baratheon, seja por casamento ou filiação. Portanto aqui haverá membros de outras casas, mas que de alguma forma participaram da Casa Baratheon.



Robert Baratheon Stannis Baratheon Renly Baratheon Orys Baratheon
Steffon Baratheon Lyonel Baratheon Gowen Baratheon Shireen Baratheon
Cassana Baratheon Selyse Baratheon Cersei Lannister Joffrey Baratheon
Myrcelle Baratheon Tommen Baratheon Gendry Edric Storm
Mya Stone Margaery Tyrell



LEGENDA:
- Amarelo: Baratheons por descendência
- Vermelho: Nativo da Casa Lannister
- Laranja: Nativo da Casa Florent
- Azul caro: Nativo da Casa Tyrell
- Verde claro: Nativo da Casa Estermort
- Preto: Bastardos dos Baratheon

Considere que Joffrey, Myrcella e Tommen não são filhos biológicos de Robert, mas fruto de incesto entre Lannisters. Enquanto sua origem se mantiver em segredo para os registros, acreditando ainda que eles são do casamento entre Robert e Cersei, eles ainda serão membros da Casa Baratheon, por isso o sobrenome é Baratheon e não Lannister (embora eu sempre os chame por Lannister, parece mais correto).
Uma árvore genealógica completíssima estará pronta em breve. Não dá pra fazer com essa casa porque há gerações faltando e muita gente desconhecida, então ia ficar tudo enbananado.

História
Quando os Targaryen deram início as suas ações para dominar Westeros durante a chamada Guerra da Conquista, há muitos anos atrás, o rei da dinastia, Aerys I, ordenou a um de seus generais, um sujeito chamado Orys, que fosse até as Terras da Tempestade (Stormlands) para tirar do poder uma linhagem muito antiga de reis que governava desde os primórdios dos reinos e se chamavam Reis da Tempestade (Storm Kings).
Orys foi até Stormland e guerreou com os exércitos do governante local, Argilac, o Arrogante. No fim, Orys venceu. Ele tomou a filha de Argilac, Argalia, como esposa, apropriou-se do brasão e do lema dos reis da tempestade e ali fundou sua própria casa, os Baratheon.
Seguindo o posicionamento de Orys, os Baratheons sempre foram leais aos Targaryen. Durante as diversas guerras civis que atingiam os reinos, os Baratheon sempre forneciam apoio. Inclusive as duas famílias uniram laços quando Rhaelle Targaryen casou-se com um Baratheon que não sabemos o nome. 

Mais de duzentos anos se passaram (280, para ser mais preciso) desde a fundação da casa e os Baratheon se mantinham com hegemonia em Stormlands. Quando o atual Lorde da casa, Robert Baratheon (neto de Rhaelle), teve sua noiva, Lyanna Stark, sequestrada pelo príncipe herdeiro dos Targaryen, Rhaegar, filho do então rei supremo Aerys II, o Rei Louco.
Robert ficou furioso e montou uma aliança com as casas Tully, Stark e Arryn para juntos enfrentarem os Targaryen. Esse evento ficou conhecido como Rebelião de Robert. A guerra teve várias batalhas decisivas, mas a maior dela foi a Batalha do Tridente, onde os exércitos de Robert derrotaram as últimas hordas Targaryen. O próprio Robert tratou de acabar de vez com Rhaegar usando seu pesado martelo.
Enquanto isso, seus novos aliados, a Casa Lannister, invadiam a sede do reino inimigo em Porto Real (King's Landing) e realizaram um grande saque que serviu de golpe final, tendo inclusive Jaime Lannister matado o Rei Louco nesse ataque. Por sua bravura em retirar o tirano do poder e liderar a rebelião, Robert Baratheon foi escolhido para ser o próximo rei a se sentar no Trono de Ferro.


Como Lyanna foi assassinada em meio a guerra, Robert casou-se com Cersei Lannister, uma forma de unir as casas e fortalecer a nova parceria.
O irmão de Robert, Stannis, recebeu a ilha Pedra do Dragão (Dragonstone) e seu castelo, sendo nomeado Lorde de Dragonstone. Isso fez com que a casa se ramificasse: agora havia os Baratheon de Porto Real e os Baratheon de Pedra do Dragão. O irmão mais novo dos dois, Renly, era apenas uma criança durante a rebelião, mas quando Robert chegou ao poder ele cedeu ao caçula a Ponta da Tempestade (Storm's End), um pedaço de terra maior que o que foi dado a Stannis.
Quando Robert morreu ao ser atacado por um javali e iniciou-se a Guerra dos Cinco Reis, Renly e Stannis reivindicaram o trono, gerando mais guerra. Renly se proclamou rei, até ele ser morto. Stannis tentou tomar o poder, mas ele foi para Joffrey, que seria o filho de Robert, porém na verdade (como alguns sabem) ele é filho da relação incestuosa entre Cersei e Jaime. Porém Stannis nunca desistiu de tomar aquilo que acredita ser seu.
Robert possui vários filhos bastardos, portanto nenhum deles pode assumir o trono.

Características físicas
Os Baratheon possuem o cabelo castanho escuro e olhos da mesma cor.

Vassalos
Casas que servem aos Baratheon:


  • Casa Caron
  • Casa Conington
  • Casa Cafferen
  • Casa Dondarrion
  • Casa Errol
  • Casa Estermont
  • Casa Grandison
  • Casa Musgoord
  • Casa Peasebury
  • Casa Seaworth
  • Casa Selmy
  • Casa Swann
  • Casa Tarth
  • Casa  Trant
  • Casa Wylde

Terras
Como uma das grandes casas, os Baratheon governam um dos Sete Reinos de Westeros. Como já citado, desde o fundador da casa, Orys, os Baratheon habitam e comandam a nação de Terras da Tempestade (Stormlands).
O castelo da família principal fica em Storm's End e as casas vassalas dividem os demais territórios.



_ _ _ _ _

Até a próxima postagem!
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Espero ansiosamente a seguinte episodio, o último capitulo me deixou super intrigada, deixo aqui o link: http://br.hbomax.tv/serie/Game-of-Thrones-Temporada-07-/501441, aonde podem consultar o tempo faltante para a sua transmissão e isso é muito emocionante! Acho que as atuações foram muito boas, é uma das minhas serie preferidas. Arvore genealogica Game Of Thrones é muito interessante!!

    ResponderExcluir