;

quinta-feira, 19 de março de 2015

DC Comics: Arqueiro Verde

Nome: Arqueiro Verde
Nome original: Green Arrow
Identidade: Oliver Queen
Origem: Star City, Califórnia, Estados Unidos, Planeta Terra
Altura: 1,80 m
Peso: 88 kg
Ocupação: CEO das Queen Industries
Afiliações: Liga da Injustiça

Oliver era um bilionário que desde pequeno viveu no luxo e na fama, levando-o a adquirir uma personalidade esnobe e extravagante. Enquanto viajava em um iate, bêbado, ele caiu na água e só acordou em uma ilha totalmente isolada. Para sobreviver ele teve de desenvolver muitas habilidades sozinho, entre elas o domínio do arco. Certo dia ele acompanha um grupo de traficantes aportando na ilha, que era usada como esconderijo para plantio de maconha ilegal. Ele nocauteou todos os traficantes e fugiu no barco. De volta em casa ele repensou o tempo que passou na ilha e resolveu usar suas novas habilidades para o bem, agindo como um vigilante mascarado baseando-se em um personagem que sempre gostou, Robin Hood.

Como citado, Oliver não tem poderes. Mas é um exímio arqueiro e possui dinheiro suficiente para lhe proporcionar boas armas. Tem um arsenal de flechas com as mais variadas funções, como flechas com luva de boxe, com bombas de gás, com redes de captura, que aplicam choques, e muitas outras.
Costuma ser piadista na maioria das vezes, porém sabe quando agir com seriedade. Chegou a casar-se com a Canário Negro Dinah Lance, tendo dois filhos com ela. Possuia um parceiro mirim chamado Ricardito, que cresceu e mudou de nome para Arqueiro Vermelho. Compartilha muitos inimigos em comum com o Batman (com quem faz parceria de vez em quando), como o Rei dos Relógios e o Exterminador, mas também possui os seus próprios como Cupido e Merlyn, entre outros. Também parecido com o Batman, o Arqueiro possui sua base dentro de uma caverna, que ele chama de "Flecha-Caverna", um nome constantemente ridicularizado e motivo de piada entre seus amigos.

Veja a lista de personagens da DC Comics.

Até a próxima postagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário