;

sábado, 7 de julho de 2012

No que se baseiam os mangás

Praticamente todos os mangás tem uma grande cultura como base. Por exemplo, Naruto baseia-se em ninjas e sua cultura aparece muito na série. Nesta postagem eu vou juntar dois temas que eu gosto: mangás e História Antiga. Então agora eu vou escolher alguns mangás e falar mais sobre sua cultura histórica, baseando-se nos meus conhecimentos.


Ninjas


Muitos mangás tem como base o tema "ninja". Mas alguns deles criaram uma imagem errada dos ninjas. Eles não tão heróicos. Na verdade os ninjas eram assassinos espiões que faziam tudo para aquele que pagasse mais. Eram especialistas em aparecerem e desaparecerem sem deixar rastros, graças ao grande aprendizado em artes furtivas. As famosas "armas ninjas" como a espada katana e os shurikens eram usadas para assassinato por serem silenciosas, já que as armas de fogo (sim, já existiam essas armas, mas eram bem primitivas) eram barulhentas demais.
Eles criaram muitas técnicas de combate, descobriram venenos, aprenderam a usar a natureza para se darem bem e desenvolveram armas a partir de itens usais aos japoneses, como as kunais que derivam de facas usadas para cortar vegetais.
Exemplo de mangá com ninjas: Naruto.




Samurais


Samurais são o oposto dos ninjas. Eles seguiam o Bushido, um código de honra e leis que todo o samurai devia saber e respeitar. São conhecidos atualmente por causa de sua lealdade e disciplica. Trabalhavam para um único Senhor Feudal (dono de terras) e faziam trabalhos para eles.. Os samurais apreciavam demais a sua honra, e se ela fosse quebrada eles não tinham mais motivo para viver. Quando isso era necessário eles usavam um método que consistia em enfiar uma tanto (pequena espada) na barriga e arrastá-la para cima, rasgando-se todo. Para eles era uma morte honrosa.
Lutavam usando espadas, bastões e muitas armas comuns aos ninjas.
Exemplo de mangá com samurais: Samurai X





Alquimistas


Os alquimistas eram uma mistura de cientistas com magos que surgiram na Idade Média. Eles buscavam um tipo de "magia", usando "ciência". Eles tinham objetivos que podem parecer malucos, como criar humanos artificialmente ou transformar metal em ouro. Trabalhavam em laboratórios secretos e isolados, por que eram considerados bruxos e isso era motivo para serem queimados vivos em praça pública. Na China os alquimistas se tornaram famosos e foram responsáveis por descobrir coisas como a pólvora.

Graças aos alquimistas nós temos muitos avanços na ciência atual.
Exemplo de mangá com alquimistas: Fullmetal Alchemist





Piratas

Os piratas eram bandidos dos mares. Navegavam pelos mares em busca de ouro, bebidas ou qualquer coisa de valor. Eles atacavam outros barcos ou invadiam cidades para pegar o que queriam, quase sempre usando da violência. Armavam-se geralmente com armas de fogo, mas alguns usavam espadas, o que rendia terríveis ferimentos, como por exemplo amputações de pernas e braços (que geravam próteses como pernas de pau ou ganchos, coisas que deixaram os piratas famosos) ou perda de olhos (que geravam os famosos tapa-olhos de pirata). Mas usar pernas de pau ou tapa-olho não era símbolo de vergonha, e sim de que ele era um incrível pirata que lutou bravamente e se estava vivo, derrotou um outro bem mais forte, pois foi capaz de feri-lo.
Muitos piratas tornaram-se famosos por seus atos, como Edward Teach, intitulado Barba Negra.
Exemplo de mangá com piratas: One Piece





Vampiros


Vampiros não existiram de verdade, mas suas histórias e lendas os tornam quase reais. Relatos sobre vampiros existem desde a Idade Média, embora alguns estudiosos afirmam a existência de lendas sobre estes seres já existiam na Antiguidade. Povos antigos acreditavam em homens amaldiçoados que vagavam a noite em busca de gente para sugar o sangue, que era a forma de sobreviverem. Os vampiros medievais eram humanos infectados com um vírus desconhecidos e que podiam transmitir através da mordida, para sugar o sangue. Eles tinham o poder de se transformar em morcegos e voarem por aí. Eles não eram refletidos em espelhos, por estarem "mortos". Eram imortais até certo ponto, mas tinha algumas fraquezas, como água-benta, alho e a luz solar (eles torravam com o Sol, e não brilhavam como diamante - desculpem, não deu pra segurar a piada). O único jeito de matá-los era fincando uma estaca de madeira ou prata direto no coração.
Hoje em dia as lendas de vampiros mudaram e o modo clássico deles foi abandonado. Hoje em dia são seres belos, "vivos" e que não tem as mesmas fraquezas citadas acima, mas o fato de sugarem sangue nunca foi abandonado.
Exemplo de mangá com vampiros: Rosario +Vampire




Youkai


É o nome dado a criaturas lendárias da mitologia japonesa. Existem muitos seres nesta categoria, como os famosos onis (ogros demônios) ou a Yuki-onna (Mulher da Neve). Alguns destes seres são animais com características humanas ou humanos com características de animais.
Exemplo de mangá com youkai: Youkais estão presentes em muitos mangás, mas um que aparece como tema principal é InuYasha.




Shinigamis


Shinigamis também são presentes apenas na mitologia japonesa. Eles são deuses da morte, seres capazes de definir o tempo de duração da vida de uma pessoa e responsáveis por direcionar sua alma aos mundos espirituais, como Céu ou Inferno.
Exemplos de mangá com shinigamis: aparecem em muitos mangás, mas são temas principais em Bleach e Death Note por exemplo.






Eu sei que ainda há muitos outros temas, mas eu separei apenas os mais famosos, recorrentes e com mais fundo histórico para colocar aqui.


Até a próxima postagem!
Comentários
2 Comentários

2 comentários: